Esqueça aquela imagem dos ídolos de rock como heróis que morrem de overdose. Só se for de overdose de salada, no caso de Phil Collen, da banda de rock pesado Def Leppard. Se você duvida, dê uma olhada no tórax e no abdômen do guitarrista de 59 anos e 10 meses. Seu corpo sarado arrancou suspiros – não os feitos de claras de ovos – no Rock in Rio.

Créditos: Reprodução/Multishow

A "fôrma besuntada" do guitarrista do Def Leppard

E nada de fôrma besuntada – óleo, mesmo, só na boa forma de Collen, para ressaltar seus atributos musculares durante as apresentações no festival.

Mas não pensem que foi fácil atingir essa consistência. A receita começou pelo corte do álcool da dieta: faz 33 anos que o músico não bebe. Um ano antes, já tinha deixado de comer carne; há seis, é vegetariano.

E não bastou fechar a boca para abrir a envergadura das costas. Desde 1991, ele pratica artes marciais e muay thai. Também estão entre seus hábitos, tanto em casa como durante as turnês da banda, correr e levantar pesos.

Pode-se dizer que Collen, em seus costumes alimentares, de certa forma nega o título de um dos sucessos do Def Leppard, “Pour Some Sugar on Me” (Derrame algum açúcar em mim). Quanto ao próprio guitarrista, o “mel” aos 60 foi trabalhado às custas de muito suor.

Por QSocial