A beleza da mulher é atemporal. E, para comprovar isso, a edição de outubro da "Vogue Italia" trouxe a atriz e modelo Lauren Hutton, que, ao posar para a publicação um mês antes de completar 74 anos, tornou-se a mulher mais velha a aparecer na capa da revista, considerada a mais importante do mundo da moda.

Créditos: Divulgação

Lauren Hutton é capa da Vogue italiana aos 73 anos

Lauren aparece em três capas diferentes, feitas pelo fotógrafo Steven Klein. O recorde anterior pertencia à cantora Tina Turner, que estampou a Vogue alemã aos 73 anos, em 2013.

A modelo – que iniciou sua carreira na década de 1960 e em 1973 revolucionou a indústria assinando o que foi então o contrato mais lucrativo da Revlon, por US $ 1 milhão ao ano, e que continua ativa em campanhas de marcas como Calvin Klein – acredita que sua nova capa pode provocar uma reflexão na sociedade.

Créditos: JStone/Shutterstock

A atriz e modelo Lauren Hutton acredita que é possível ser "atraente" e "vibrante" em qualquer idade

"Tive um recorde de 27 capas da Vogue americana e 13 outras capas de outros países, mas esta é a mais importante que já fiz, a que me fez sentir mais útil. Esta é uma capa que pode mudar a sociedade, porque mostra uma mulher vibrante, atraente, que ainda ri e que, pela primeira vez, é uma mulher da minha idade."

Já o fotógrafo Steven Klein declarou que mais do que uma fotografia, uma capa precisa refletir sobre os nossos tempos, desafiar e inspirar. “Um dos principais motivos pelos quais eu queria fazer essa capa era poder lançar um novo olhar sobre uma mulher com mais de 70 anos. Lauren tem 73 anos e ainda é uma mulher sexy, uma mulher que abraça sua idade."

Por QSocial